<<voltar


5.3. Limpeza de Praias


O lixo de praia compõe-se basicamente de restos descartados pelos banhistas e detritos trazidos pela maré. É claro que sempre haverá alguma areia misturada.

Quanto à forma de operação, a limpeza das praias poderá ser manual ou mecânica. Considerando o custo de aquisição e manutenção do equipamento, seu emprego geralmente não se justifica.

O método manual, utilizando-se ancinhos, pás, etc., permite uma operação rápida e com elevada produtividade dos trabalhadores. É o mais recomendado.

É importante proceder ao mesmo tempo à varrição da calçada e da sarjeta marginal à praia, usando vassouras, pás e carrinhos de mão.

As praias podem ser limpas em dois horários: diurno ou noturno.

O horário diurno é recomendável durante os meses fora da temporada, geralmente de abril a novembro. No período de verão, com dias mais quentes e maior número de banhistas, as praias mais freqüentadas devem ser limpas em horário noturno, ou seja, de 16 às 22 horas (horário corrido), desde que haja iluminação suficiente (natural ou artificial). Quando se tratar de praias muito movimentadas, a limpeza será feita todos os dias. Nas demais, pode ser adotada uma freqüência menor.