• Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: Microondas no Tratamento do Lixo Hospitalar
País: Brasil
Fonte: Universidade Livre do Meio Ambiente - UNILIVRE
Data: 8/2004
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
Curiosidade (texto):
Nova tecnologia para tratamento do lixo hospitalar, desenvolvida por uma empresa norte americana, em 1989, a Stericycle e com larga atuao nos Estados Unidos (conta com 4 usinas), agora adotada em So Paulo capital. Nos Estados Unidos, a tcnica foi aprovada pela Environmental Protection Agency (EPA). Alm disso, conta com a recomendao da organizao No-governamental Greenpeace.

Com um investimento de US$ 18 milhes, a Cavo instalou uma usina no bairro de Jaguar, onde poder desinfetar 50 toneladas diariamente desse tipo de lixo (com capacidade para aumento nessa capacidade). Sua particularidade substituir a incineraco por um tratamento de microondas, o qual, alm de matar microorganismos, reduz o volume em 70%. Evidentemente, a tcnica no elimina o problema em sua totalidade, pois os resduos descontaminados ainda precisam de processos de reciclagem ou de serem depositados em aterro. A grande qualidade est no fato de a tcnica no emitir poluentes na atmosfera, como acontece com a incinerao.

A Usina de Jaguar substituiria os servios de incinerao realizados no bairro de Vergueiro, com mais de 50 anos de funcionamento e com grande nmero de multas junto a rgos de controle ambiental.

"Pelo sistema adotado pela Cavo, um caminho trazendo lixo hospitalar pesado logo ao chegar. Ele bascula a carga dentro de uma fossa coberta e isolada, mantida sob presso negativa, para que o ar e os odores no saiam do poo. O ar passa por filtros e desodorizantes, antes de voltar atmosfera". O lixo disposto no fosso iado por garras que transferem para um sistema de triturao. Uma vez compactado, submetido ao campo magntico formado entre duas placas metlicas. Elas so capazes de inverte sua polaridade milhares de vezes por segundo, produzindo ondas de baixa frequncia que promovem aquecimento at 98 graus Celsius e vibrao molecular." (Jornal Gazeta Mercantil, 25 de maro, 1999). O sistema, conhecido por Processo Eletrotrmico, que faz lembrar um forno de microondas.

O tratamento do lixo restringe-se ao lixo hospitalar classe A 9snague, equipamento cirrgico descartado, restos laboratoriais e rgos amputados. Ficam de fora desse tratamento, uma srie de outros elementos, como por exemplo remdios no utilizados. Outro problema o custo da tonelada tratada que sair por R$ 700,00 (contra R$ 40,00 da incinerao). A explicao est no fato de o incinerador em uso j teve seu custo de instalao amortizado e tambm pelo fato de no assimilar dispositivos ambientais mais exigentes. No caso de um incinerador com esses dispositivos, o valor semelhante