Curiosidades

  • Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: O MUNDO DO LIXO PLSTICO
País: Brasil
Fonte: http://www.nossofuturoroubado.com.br/12te%20lixo.htm
Data: 4/2007
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
Curiosidade (texto):
O MUNDO DO LIXO PLSTICO



Os lixos que espalham confuso nas cidades, parques, praias e em todos os cantos transformam em deprimentes quaisquer partes do globo. Tornaram-se o smbolo da cultura de massa do descartvel: barato, intil, mesmo que passageiros obstinadamente no degradveis e inassimilveis. Estes subprodutos da indstria petrolfera so os cones de uma economia industrial construda na super-explorao do petrleo e outros combustveis fsseis que transformam o planeta literalmente num mundo do lixo terminal. Ocupar-se com os lixos plsticos adquiriu significncia no longe diante da redeno derradeira.

O mundo consome 100 milhes toneladas de materiais plsticos - 36,8 milhes na Europa, 5 milhes no Reino Unido - e crescendo de 3 a 4 por cento a cada ano [1,2]. O maior setor isolado, 37,3 por cento, est nas embalagens. H em torno de 50 diferentes grupos de plsticos com centenas de diferentes variedades.

A quantidade de lixo plstico gerado anualmente no Reino Unido estava estimada, em 2001, em 3 milhes de toneladas. Apesar de todos os tipos de plsticos podem ser reciclados, somente 7 por cento atualmente so. O restante so abandonados em aterros (80%) ou incinerados (8%). A maioria dos plsticos no so biodegradveis o que significa que eles levaro um longo tempo para se decomporem, naturalmente.

Quantidades significativas de combustvel fssil so requeridas para se fazer plsticos, tanto como matria prima como energia para fabric-los. Em torno de 4 por cento da produo anual do mundo de petrleo so utilizados como matria prima e outros 3 a 4% para fabricao.

A fabricao de plsticos exige uma boa quantidade de gua, produzindo resduos e a emisso de gases estufa. Envolve ainda a utilizao de substncias qumicas perigosas, especialmente com o PVC (polivinil cloreto), o segundo tipo de plstico mais comum no mundo, gerando alm disso substncias txicas durante a fabricao [3,4]. Enterrando resduos plsticos nos aterros ou queimando em incineradores cria ainda mais danos para a sade e o ambiente (ver quadro).

A melhor maneira de cortar o lixo plstico reduzir seu uso, eliminando as embalagens desnecessria e a reutilizao de itens tais como sacolas plsticas, brinquedos, frascos de cosmticos etc. O melhor uso a seguir reciclar.

TRECHO TIRADO DO ARTIGO "A REDENO DO MUNDO DE LIXO PLSTICO"
AUTOR: Dr. Mae-Wan Ho