Curiosidades

  • Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: Bioplstico a partir da cana-de-acar
País: Brasil
Fonte: http://www.ufrgs.br/jornal/agosto2002/pag13.html
Data: 1/2008
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
Curiosidade (texto):
Segundo os pesquisadores, alm da utilizao de bactrias, tambm se pode produzir bioplstico a partir da fermentao, utilizando levedura. Foram feitas, ainda, experincias com o milho, o algodo e outras plantas-modelo, como o tabaco e Arabidopsis thaliana, que uma planta daninha. Mas, muito mais na parte experimental, nada industrial. E existe uma terceira linha de pesquisa, qual Heique est mais diretamente ligada, que a produo do bioplstico em cana-de-acar.
"Meu objetivo utilizar os genes responsveis por essa rota metablica e introduzi-los na cana-de-acar. Porque a cana-de-acar produz biomassa muito grande e o Brasil o maior produtor mundial. A planta utilizaria o CO2 e a luz solar como fonte de carbono e energia para a produo desse polmero. No necessitaria colocar um substrato, como a glicose ou a sacarose, na cultura. E isso baratearia bastante."
Quase todos os procedimentos so feitos em laboratrio. A exceo o cultivo da cana-de-acar no-transgnica, que feito no herbrio do Campus do Vale. So 23 potes com trs cultivares (variedades de uma mesma espcie). Duas foram desenvolvidos no Brasil, pela Copersucar (as cultivares 185 e 3280) e j foram transformados geneticamente. A outra (a cultivar Q117) foi desenvolvida na Austrlia.
Heique usa essa cultivar australiana porque ela j foi muito bem estudada. "Retira-se um pedao da planta, que colocado num meio chamado de induo de calos, onde as clulas que so diferenciadas se desdiferenciam. Esse aglomerado de clulas ser transformado geneticamente por metodologias de laboratrio; e a massa desdiferenciada volta ao estado diferenciado quando colocado em outro meio de cultura."
Ela explica que o resultado obtido num laboratrio nem sempre obtido em outro, porque as condies, os aparelhos e o manuseio podem ser diferentes. "Ento, o que estou tentando neste momento melhorar as condies para a transformao gentica. Eu j consegui transformar a cana-de-acar em laboratrio, s que num nvel ainda muito baixo."
TEMPO E DINHEIRO
Entre outras qualificaes humanas, o trabalho que Heique e Diego esto realizando exige pacincia. Diego compara o que est sendo feito com a construo de um avio. "Antes de construir um avio, preciso conhecer a mecnica do vo e todas as lei que a regem. A mesma coisa se faz nesse tipo de pesquisa: preciso conhecer todos os parmetros biolgicos antes de comear a produo de bioplstico em escala industrial."
Heique sabe que as coisas andam devagar e no mede o tempo em dias e sim em anos: "Vamos continuar na pesquisa bsica durante mais alguns anos. Esperamos que as indstria se interessem e venham a financiar esse tipo de projeto."