• Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: Emb. Longa Vida: Exportando sistema de reciclagem
País: Brasil
Fonte: http://www.setorreciclagem.com.br/modules.php?name=News&file=article&sid=218
Data: 4/2008
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
Curiosidade (texto):
A tecnologia que permite a separao do alumnio e do plstico na reciclagem de embalagens cartonadas longa-vida, 100% desenvolvida no Brasil, estar em funcionamento na Espanha em agosto do prximo ano

Lanada oficialmente em dezembro do ano passado, a tecnologia a plasma foi desenvolvida aps seis anos de estudos, por meio de uma parceria entre a Tetra Pak do Brasil com a Universidade de Campinas (Unicamp) e o Instituto de Pesquisas Tecnolgicas de So Paulo (IPT).

Atualmente, quatro empresas - Tetra Pak, Alcoa, Klabin e TSL Ambiental - so parceiras na implementao da primeira planta a plasma, que est sendo construda em Piracicaba (SP), com investimentos de R$ 10,5 milhes e que dever iniciar as operaes no primeiro trimestre de 2005. A transferncia de tecnologia para a Espanha veio por meio de um contrato entre a TSL Ambiental, empresa brasileira especializada em solues de engenharia para meio ambiente, e a fabricante de papel espanhola Nesa, a partir de um trabalho de divulgao do mtodo feito pela Tetra Pak.

A planta comea a ser instalada na regio de Valencia e receber 6 milhes em investimentos, de acordo com o projeto inicial. A unidade ter capacidade para processar de 10 mil a 12 mil toneladas/ano de embalagens cartonadas. "Ser uma parceria importante dentro da nossa estratgia de expanso internacional. A Espanha um pas empenhado no reaproveitamento dessas embalagens", afirma Vladimir Ranevsky, diretor operacional da TSL Ambiental.

De olho no mercado europeu, a empresa partir para negociaes com a Alemanha, o maior consumidor de embalagens cartonadas da Europa e tambm o pas em que a reciclagem melhor estruturada. Ranevsky, no entanto, prefere no dar maiores detalhes. "Poderemos aproveitar o parque industrial para reciclagem j instalado na Alemanha. Junto com a Tetra Pak, estamos estudando a entrada em pases como Itlia, Frana e Holanda", afirma o diretor.

Tecnologia indita
Um dos grandes diferenciais da tecnologia a plasma a separao efetiva do alumnio e do plstico das embalagens cartonadas. Nos processos tradicionais de reciclagem do material, o papel segregado, mas o plstico e o alumnio se mantm juntos e so reaproveitados na fabricao de utenslios como vassouras, escovas, placas e telhas. "O plasma agrega mais uma opo para a reciclagem, pois separa os trs componentes da embalagem, que voltam cadeia produtiva como matrias-primas", explica Fernando von Zuben, diretor de meio ambiente da Tetra Pak do Brasil.

Dessa forma, o alumnio recuperado possui 99% de pureza e volta fbrica em lingotes para produo de chapas. O resduo plstico transforma-se em parafina, que ser vendido como insumo indstria petroqumica - fechando o ciclo. "A recuperao do resduo feita na ausncia de oxignio, sem queima, o que no altera a qualidade dos materiais. Esse outro grande diferencial", explica von Zuben.

Indito no mundo, o sistema utiliza energia eltrica para produzir um jato de plasma que aquece a mistura de alumnio e plstico a 15.000 C. O processo possibilita um aumento de at 30% no valor de mercado das embalagens, devido pureza dos materiais recuperados. A Alcoa e a Klabin compraro o alumnio e o papel recuperados, respectivamente.

A eficincia energtica outro ponto de destaque do sistema, na avaliao de von Zuben - em torno de 90% da energia utilizada aproveitada no processo. Para efeito de comparao, tecnologias de reciclagem a gs natural ou leo combustvel garantem um eficincia da ordem de 25%.

fonte: Abrelpe - www.abrelpe.com.br