• Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: Lixo Verde: Estudo busca solues para resduos de arborizao urbana
País: Brasil
Fonte: Internet
Data: 7/2012
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
URL: http://www.portalviva.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=6297:lixo-verde-estudo-busca-solucoes-para-residuos-de-arborizacao-urbana&catid=7:sustentabilidade&Itemid=130
Curiosidade (texto):
Da Agncia USP Uma pesquisa desenvolvida recentemente na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da USP, em Piracicaba, procura alternativas para o destino do lixo proveniente das rvores das cidades. Realizada pela graduanda em Gesto Ambiental da Esalq Mariana Cerca, o estudo traou um diagnstico sobre a gesto de resduos da arborizao urbana nos pequenos municpios do Estado de So Paulo. De acordo com a aluna, a falta de modelos adequados para o gerenciamento dos resduos tem contribudo para agravar os problemas ambientais, sociais e econmicos resultantes da disposio inadequada desses materiais, terrenos baldios, lixes e vias pblicas. O gerenciamento inadequado da gesto dos resduos de arborizao urbana tem resultado em elevados custos para os municpios, comprometimento de grandes reas para disposio, degradao e poluio do meio ambiente, alm do desperdcio de materiais com potencial de aproveitamento. A questo est relacionada a um dos principais desafios dos centros urbanos a correta destinao dos resduos slidos. No desenvolvimento do projeto, que se chama Gesto de Resduos da Arborizao Urbana em Pequenos Municpios do Estado de So Paulo, orientado pela professora Adriana Nolasco, do Departamento de Cincias Florestais (LCF) da Esalq, foram entrevistados tcnicos, secretrios e diretores da rea ambiental das prefeituras municipais das regionais administrativas do Estado, com populao inferior a 35.000 habitantes, que contabilizam a maioria das cidades de So Paulo (74%). Dos 472 municpios nessa categoria, obteve-se retorno de 100, ou seja, uma amostra de 21%. De quem a responsabilidade? Mariana pesquisou quatro aspectos relacionados poda e remoo das rvores: autorizao, realizao do servio, responsvel pela destinao do resduo e destinao. As prefeituras so quem mais autorizam as podas foi o que aconteceu em 94% dos municpios. o poder pblico que tambm mais realiza esse servio (42%, sozinha, e mais 21% junto aos moradores) e que se responsabiliza pelo destino final dos resduos em 93% das cidades pesquisadas, a administrao municipal que cuida desse assunto. Entre os principais destinos, esto terrenos a cu aberto (32%), aterro (24%), valorizao (33%), outros (11%). Diante da estatstica, possvel concluir que a prefeitura o principal responsvel pelos servios de poda e remoo e pela gesto dos resduos da arborizao urbana. Entretanto, a maioria dos municpios (95%) no possuem qualquer estimativa quanto aos custos com esses servios e quanto ao volume de resduos gerados (56%), informaes fundamentais para a elaborao e implementao de polticas pblicas e planos de gerenciamento. Aes e atraso Quanto a aes para a reduo da gerao de resduos da arborizao urbana normalmente adotadas, somente 30% indicou alguma ao nesse sentido (controle e fiscalizao da poda, planejamento da arborizao e promoo de aes educativas). Entre as formas de valorizao, a mais citada foi a compostagem, em 19% dos municpios, seguida pelas parcerias com padarias, olarias, cermicas ou indstrias de regio que usam o resduo como fonte de energia (15%). J a falta de mo de obra qualificada para a realizao dos servios de poda e remoo, foram apontados como os principais problemas na gesto de resduos. Enfim, o trabalho de Mariana chega a concluso de que a gesto da arborizao urbana ainda realizada de forma inadequada na maioria dos pequenos municpios do Estado. A capacitao dos tcnicos/responsveis para elaborao de planos de gerenciamento de resduos um dos principais desafios para a correta destinao, comenta a estudante. Premiao O trabalho de Mariana foi apresentado no 19 Simpsio de Iniciao Cientfica em Agropecuria, no ltimo ms de novembro, e, alm disso, foi um dos quatro brasileiros premiados pelo Programa Bayer Jovens Embaixadores Ambientais. Os ganhadores, apresentaram, em outubro deste ano, na Alemanha, seus projetos para jovens de 17 pases e discutiram diferenas entre as questes ambientais e solues para problemas comuns.