• Patrocinado por:

  • Busca

    Palavra Chave:

    Data:





Curiosidades


Assunto: Estado do Amazonas e os resduos slidos: energia e renda para os municpios 30/09/2012
País: http://www.iclei.org.br/residuos/?p=1818
Fonte: ICLEI Resduos
Data: 3/2013
Enviado por: Rodrigo Imbelloni
URL: http://www.iclei.org.br/residuos/?p=1818
Curiosidade (texto):
A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentvel (SDS) do Amazonas busca estratgias para a problemtica da disposio dos resduos slidos urbanos, a partir de opes tecnolgicas, que podem ser aplicadas em lixo orgnico. Uma das solues que pode, inclusive, gerar lucros, surgiu de um estudo elaborado pelo departamento de energia do Centro Estadual de Mudanas Climticas (Ceclima/SDS), com base em quatro municpios do Estado, considerados maiores do ponto de vista de gerao resduos slidos: Parintins, Manacapuru, Itacoatiara e Maues. De acordo com o estudo, a mdia brasileira de resduos de material orgnico depositados em aterros e lixes chega a 51%, sendo que, essa mdia no Amazonas e no Norte ainda maior, alcanando quase 65%. Significa que para um lixo no interior, em que 65% composto de material orgnico, temos 65% de oportunidade de gerao de energia, explica o engenheiro Anderson Bittencourt, coordenador do departamento de energia do Ceclima/SDS. Para a titular da SDS, Ndia Ferreira, o projeto seria uma proposta a ser inclusa como alternativa para a destinao dos lixes, tendo em vista, que no Amazonas 98% da disposio dos resduos slidos so em lixes a cu aberto. importante traduzir esses nmeros em oportunidade de gerao de emprego e renda para as famlias que trabalham com a coleta de lixo, alm de gerao de energia sustentvel, a partir do aproveitamento de biogs. Olhar para material orgnico significa olhar para oportunidades de renda, diz Ndia. Em julho deste ano, a proposta foi apresentada aos secretrios municipais de meio ambiente do Amazonas, durante a realizao do Frum Permanente de Secretrios Municipais de Meio do Amazonas (Fopes), a ideia envolver os rgos municipais para aproximar ainda mais a aplicao dessas tecnologias nos municpios do interior do Amazonas. Oportunidade De acordo com o estudo, o resduo orgnico gera biogs, o qual, na ausncia de oxignio, aps passar por um processo de decomposio, produz um gs chamado metano, que equivale a 60% de gs natural. O metano poderia ser utilizado em termeltrica para produo de energia. Tecnicamente, o biogs gerado nos aterros sanitrios composto, ainda, por dixido de carbono (CO2 de 35 a 45%), nitrognio (H2 de 0 a 1%), hidrognio (H2 de 0 a 1%) e gs sulfdrico (H2S de 0 a 1%). A gerao de biogs em um aterro sanitrio iniciada alguns meses aps o incio do depsito dos resduos e continua por 15 anos aps seu encerramento. Uma tonelada de resduo disposto em um aterro sanitrio gera em mdia 200 Nm3 (metros cbicos normais) de biogs. Para utilizar o biogs atravs da recuperao energtica, o aterro sanitrio dever receber no mnimo 40 toneladas/dia de resduos, com capacidade mnima de recepo da ordem de 500 mil toneladas em sua vida til, explica o engenheiro. A SDS por meio do Ceclima, e em articulao com a Associao Amazonense dos Municpios (AAM), ir promover um encontro junto a empresas interessadas na remediao ambiental de aterro. Fonte: A crtica via http://acritica.uol.com.br/noticias/Amazonas-Manaus-Economia-SDS-Governo_do_Estado-geracao_de_emprego-renda-lixoes_a_ceu_aberto-oportunidade_0_783521648.html